sexta-feira, 26 de outubro de 2012

2° consulta do Pré Ntal.

9 comentários
Oi minhas lindas como vocês estão? de saude eu e o bebe estamos bem, mais eu estou abalada, nem tanto quando cheguei do medico, mais ainda estou mal, vou contar como foi meu dia.

 Acordei ansiosa pra chegar no consultorio logo, tava com um monte de duvida, cheguei lá e logo me chamaram. o Medico viu meus exames e disse que deu tudo Negativo e até meu tipo sanguineo, quando ele disse isso eu perdi o chão, ja tinha lido em algum lugar sobre incompatibilidade sanguinea da mãe com o feto, mais o médico não quis me dar explicações, acho que ele não quis me preocupar, me deu uma guia pra mim e pro Gabriel fazermos exames de sangue, pra ver se o tipo sanguineo dele é igual o meu. Depois disso esqueci todas as perguntas, eu só queria chegar logo em casa e pesquisar sobre o assunto :'( Ele apalpou minha barriga, mediu, e tentou ouvir o coração do meu filhote, mais ele tava com tanta ma vontade que nem procurou direito e ja parou, eu mesma nem consegui ouvir( Malditoo). Vim pra casa, segurando na mão de DEUS porque minha pressão ja é baixa e com uma noticia dessas, deve ter ficado mais baixa ainda, ainda bem que meu pai tava cmg. Cheguei em casa e fui direto pesquisar, tudo que eu pesquisava me deichava mais nervosa ainda por falta de informações, mais um anjoo caio do céu, Raylene Nunes, do grupo mamães de abril, me mandou o link de uma reportagem, que salvou meu dia ( http://drauziovarella.com.br/doencas-e-sintomas/incompatibilidade-sanguinea/ )
Graças a DEUS estou mais calma, mais pra ficar mais calma ainda o Gabriel tem que fazer logo esse exame, pra eu me acalmar mais. Gente quem ta querendo engravidar, procura saber o seu tipo sanguineo e o do seu parceiro, pra que se for o caso, previnir antes porque, os riscos são pequenos mais ainda existem neah.
 quero deixar aqui um grande agradecimentoo pras meninas do Grupo mamães de abril que estão me acalmando, que estão me apoiando e dividindo essas coisas comigo. Quero dizer tambem a duas amigas minhas uma mais proxima e outra que eu não conhecia, mais fazia parte do grupo e la formamos uma familia. , Agata louyse e a Caroline Ribeiro, quero dizer amigas que vou estar aqui sempre pra tudo o que vocês precisarem, estou orando por vocês, para que DEUS conforte teus corações, e que na hora certa te dêe outroo anjinhooo. Deus sabe o que faz, e mesmo sendo dificil temos que aceitar, mais tenho certeza que ele dara outro anjinho pra Vocês.
Meninas orem por elas, pois elas estão precisandooo.

           Gente o que eu tinha pra dizer é isso, e com fé em DEUS segunda feira venho aqui dizer a vocês que o sangue do gabriel ee compativel com o meu. Bjoo barrigudas.

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Te ver pela primeira vez, é a melhor coisa do mundo

7 comentários
Estava tão ansiosa que nem dormir de ontem para hoje, e quando cochilava acordava pensando que ja era a hora, Finalmente teu papai me acordou com uma ligação, mandando eu acordar por que ja estava na hora, coloquei a primeira roupa que vi na frente, tomei café da manhã correndo, e a unica maquiagem que passei foi o rimel, peguei minhas coisas e fui encontrar o Gabriel no Centro, chegamos lá, ele quis ir tomar café da manhã porque tava com fome, ainda era 9:00, e a ultra estava marcada pra 9:40, fomos, mais não consegui comer nada, tava muito ansiosa e queria chegar logo. Chegamos na clinica e uma mulher tinha acabado de entrar e mais uma estava sentada, ela tambem ia passar primeiro que eu, até que foi bem rapido e quando a moça da recepção chamou meu nome meu coração disparou ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥  Levantei a camiseta e baixei um pouco a calça, ele colocou um gelzinho gelado na minha barriga e depois o aparelho, e lá estava minha bolinha virado de costas, quando o médico comesou a mexer o aparelho, ele se espreguiçou, balançou as maozinhas e se virou de frente pra mim, (muitoo esperto meu filhoo neah rsrsr) ((:,  Depois ele mexeu mais um pouquinho e ficou de barriga pra cima, vocês podem dizer que é doidera minha, mais eu vi ele sorrindo, e com o sorrisinho dele na minha mente caiu uma lagrima do meu olho, foi a coisa mais emocionante que ja vi. O medico me explicou tudo que eu ja sei, que não da pra saber certamente ainda o sexo, porque a base deles é igual, mais disse que quando ta levantadinho é bem provavel que seje menino, e quando ta mais caidinho é mais provavel que seje menina e tava bem empézinhoo, e ele disse que tem quase certeza que é meu Enzo Gabriel, mais isso não importa, depois do sorrisinhoo eu só quero telo em meus braços sendo menino ou menina. Ele mede 8 cm do bumbum até a cabeça, e peça 81g , na ultra deu qe eu estou de 13 semanas e 6 dias, e pelas minhas contas são 13 e 2 dias, a data prevista pela ultra é de dia 19/04 e pelas minhas contas dia 23, mais eu sei que meu bebe não vai nascer em nenhuma dessas datas. Entãoo gente hoje conheci o homem que vai mandar e desmandar na minha vida. Te amooo muitooo Filhote'

Você, seu bebe e DEUS *--*

0 comentários
Relato de Nascimentoooo

Eu e meu namorado morávamos em Niterói e fazíamos faculdade no Rio de Janeiro e no início íamos sempre de barca e lá passava um desenho de um cachorrinho chamado Bernard. Eu adorava o desenho, era um desenho divertido mesmo sem nenhuma voz. Foi uma fase muito importante e única na minha vida e um dia, em uma conversa com meu namorado, Bernard veio a minha mente... estava escolhido, e aqui começa a história do “Bernardo”!
Dia 11 de Janeiro de 2011, minha menstruação não veio e naquele dia meu coração já dizia que no meu ventre estava Bernardo... Dia 23 de Janeiro, após muito esperar, não aguentei, era um domingo, levantei e falei: “Hoje nós vamos fazer um exame, eu não posso mais esperar...”; e não seria preciso nenhum exame, meu coração já sabia, e ele estava certo! Positivo, duas faixinhas rosas sinalizavam que nosso bebê tava ali, na minha barriga, dentro do meu útero, crescendo! Bernardo não foi planejado, mas desde o início, mesmo com todas as dificuldades havia a certeza de que o Deus tinha um bom plano pra gente e que seríamos muito felizes! A barriga foi crescendo, as roupas não serviam mais, a fome aumentava, alguns enjôos, semana a semana eu acompanhava o crescimento do meu filho, as consultas de pré-natal. Dia 19 de Abril senti pela primeira vez Bernardo mexendo, que emoção, que sensação indescritível (e que saudade desse momento!) e até então ainda não sabíamos se Bernardo era mesmo Bernardo. No meu coração sempre foi, sempre soube que era meu menino.. e dia 12 de Maio confirmamos, Bernardo estava vindo!!!! A cada semana eu contava os dias para tê-lo em meus braços!
Minha luta pelo meu sonhado parto normal foi o assunto mais estudado em minha gravidez! Lia tudo, via vídeos, lia relatos, vi o quão difícil é ter um parto normal no Brasil e apesar de toda informação, eu precisaria de muita força, precisaria de fé, de fé em Deus, em mim mesma e no meu Bernardo pra conseguir realizar aquilo no qual acreditava!
Minha gestação foi super tranquila, a pressão sempre boa, ganhei pouco peso, os ultrassons sempre dando bons resultados... estava tudo certo pro meu parto!
Tirava fotos toda semana, sabia que mais tarde aquela barrigona, sentir meu bebê mexer dentro de mim faria muita falta... E como faz, dava tudo pra poder sentir mais uma vez tudo isso!
Completei 37 semanas, meu tampão começou a sair...a pressão de amigos, conhecidos e familiares sempre em cima pra saber quando o Bernardo nasceria, e eu respondia que estava esperando a hora dele, que meu parto seria normal, que ainda havia muito tempo! Eu tinha muita fé, acreditava em mim, no meu corpo funcionando, em meu filho esperto, acreditava que Deus me ajudaria a realizar tudo o que planejei durante toda a gravidez! Escolhi o parto normal pois acreditava ser o melhor pro meu pequeno, nascer da forma que Deus planejou, nasceria na hora em que realmente deveria nascer, receberia todos os hormônios liberados no trabalho de parto que nos fariam muito bem, eu poderia amamentá-lo logo em seguida ao parto, poderia cuidar, pegar, cheirar, fazer tudo o que sonhei durante os 9 meses de gravidez, fora os riscos que uma cesárea tem!
Dia 17 de Setembro completei 37 semanas e dia 22 de Setembro fui à ginecologista, ela fez toque e constatou que estava com 2 dedos de dilatação e ela, pra minha surpresa e sem minha autorização, fez descolamento de placenta, senti uma dor que parecia que tinha ido à Lua. Saiu um pouco de sangue e ela me explicou que havia dilatado mais um pouco e que muito provavelmente em 3, no máximo 4 dias, Bernardo estaria no meu colo. Quando ela disse isso, passou um filme em minha mente. Ao mesmo tempo que eu queria xingar ela por ter feito aquilo sem minha permissão, o que ocupava a minha mente é que eu estava prestes a conhecer meu príncipe! Saí de lá sentindo muitas dores, uma cólica que incomodava bastante e na minha cabeça tinha se iniciado meu trabalho de parto. Chegamos em casa, tive muito sangramento, fiquei extremamente preocupada, apesar da médica ter me avisado que isso aconteceria. O sangue diminuiu, fui tomar um sorvete com minha mãe, queria andar, ajudar o trabalho de parto a evoluir, me distrair, aproveitar os últimos momentos com meu pequeno ainda estando em meu ventre e cada mexidinha dele era já tão saudosa!!! Mas no fim das contas as colicazinhas pararam e no outro dia estava tudo normal! Minha médica havia recomendado que eu voltasse pra uma avaliação no dia 24, fomos à Santa Casa de Lorena e eu estava com os mesmos 2 dedos de dilatação. E então ela me disse pra voltar na quinta-feira para consulta, mal sabíamos nós que antes disso Bernardo já estaria entre nós! Passei o fim de semana com o namorado, saí com amigos, aproveitei muito.. e o tampão continuava a sair!
Quarta-feira, 28 de Setembro de 2011.
Acordei, tomei um banho e fui pro centro sozinha, andei muito lá comprando uns mimos pro filhote e encontrei com a minha mãe, tinha passado o dia inteiro batendo perna na cidade e depois no shopping, e as contrações começaram, mas como já havia ‘passado’ por isso, achei que eram apenas contrações de treinamento, novamente um alarme falso. Minha barriga endurecia, eu sentia dores bem fortes, tinha até que parar, estavam bem espaçadas, com intervalo de uns 15 minutos mais ou menos, mas ainda meio irregulares! No shopping ainda briguei com uma garota que quase me atropelou correndo que nem louca, me estressei, xinguei ela, foi uma piada! Pegamos um ônibus, eu a minha mãe, cheias de sacola, e a dor apertaaando! Cheguei em casa em torno de 20:30, mandei mensagem pro namorado pedindo pra ele dormir comigo, que achava que logo chegaria a hora ( e novamente, mal tinha realizado eu que estava prestes a conhecer o amor da minha vida) e fui pro banho. Deixava cair bastante água quente na lombar, cronometrava as contrações, estavam em intervalos de 5 minutos, conversei com as meninas das comunidades do Orkut nos intervalos das contrações, fiquei 1 hora no banho e não queria sair de jeito nenhum. A dor estava bem forte, quando a contração vinha eu me agachava no banheiro, parecia que aquelas contrações de 40 seg duravam muito mais, eu rezava a Deus pra me dar forças, chorava, ria, acariciava minha barriga, dava boas-vindas ao meu amor, me despedia da barriga e do Bernardo ali dentro, pedia que ele me ajudasse, pedia a Deus que me desse calma, e ele me deu.. em nenhum momento eu fiquei nervosa, passei 38 semanas e 5 dias esperando pelo grande dia, e o grande dia havia chegado, eu estava tranquila, confiante e tinha certeza de que tudo daria certo! Ficava tentando imaginar como ele seria, com quem se pareceria e vinha uma nova contração, eu me agachava e começava tudo novamente!
Saí do banho com contrações em intervalos de 2 minutos, mas ainda assim, com dor constante, permanecia tranquila. Sequei meu cabelo, me arrumei, queria deitar e dormir, me sentia cansada. Comi, bebi bastante água. E parecia que não tinha realizado que dali há algumas horas meu pequeno conheceria o mundo, e eu, o amor verdadeiro! Enquanto eu me arrumava, meu namorado, meus pais e minha avó me davam força, vinham as contrações, eu não conseguia nem falar, queria tanto ficar deitadinha na minha cama, bem quietinha, mas não podia, provavelmente minha dilatação já estava bem avançada e nós fomos pro hospital!
Chegamos lá 00:15 do dia 29, o grande dia da minha vida. A médica me examinou e eu estava com 7 cm de dilatação. Confesso que me decepcionei, achei que já estava com mais e como a dor já estava muito intensa, por alguns momentos achei que não aguentaria. Subi pro quarto, me mandaram entrar no banho novamente, eu implorava pra enfermeira me deixar ficar mais um pouco no banho, mas ela não deixou. Estava me sentindo fraca e desidratada, mas sentia muita vontade de vomitar e elas acharam melhor colocar soro em mim do que eu beber água e passar mal, naquela hora não tinha muita força pra aceitar ou não qualquer coisa, as contrações já estavam em intervalos de 1 minuto, mal dava descanso e já vinha outra. Minha mãe estava ao meu lado o tempo todo, como foi importante isso pra mim.. Nos momentos em que eu achava que não suportaria a dor, ela me dizia: “Aguenta filha, você vai conseguir! É o que você quer, nosso Bernardo logo estará aqui!”. E eu tirava mais forças de dentro de mim... Tinha momentos em que eu saia de mim, parecia que estava em outro lugar, queria ficar em silêncio..olhava no relógio, se passaram apenas 5 minutos, mas a minha sensação era de que estávamos ali há horas, estava em êxtase,totalmente anestesiada pelo hormônio do amor, a dor era extrema e quando vinha, eu ia pra outro plano...acariciava minha barriga e chamava meu filho, pedia e ele que não demorasse, que eu estava pronta pra ele, que todo o tempo de espera estava se acabando.
A médica me examinou, 9 dedos!!!!! Estourou a minha bolsa e aquela água quentinha escorreu pelas minhas pernas. Ela me dizia: “Vamos Ana, força, logo seu filhão vai estar no seu colo!” Aquilo era uma injeção de ânimo, cada minuto mais próximo! Eu fazia força, esmagava a mão da minha mãe, coitada! Meu sogro já estava lá conosco, ele iria pegar meu filho! 01:45 fomos pra sala de parto, fiz muita força e tinha impressão de que não aguentaria, chamava pela minha mãe, os minutos pareciam realmente muito longos. Uma enfermeira pegou em minha mão e me disse pra fazer força que ele já tava quase saindo, a médica disse que já via a cabecinha dele. Nesse momento eu voltei a mim, coloquei a mão pra sentir a cabecinha dele como sempre quis, fiz mais duas forças, senti uma pressão imensa e ouvi a frase mais linda de todos os tempos: “Nasceu Ana, seu filho nasceu!”... Passou toda dor, eu voltei totalmente à relidade, e entrei em outra! Aquele corpinho peladinho tão pequenininho, era meu filho, tão lindo, que mal chorou.. queria tanto ter pegado ele nesse momento! Mas ele nasceu um pouquinho roxinho e meu sogro foi examiná-lo primeiro. Eu ficava perguntando por ele, não conseguia enxergá-lo, foi um sentimento bem ruim esse, queria que ele estivesse em meus braços e nunca mais saísse. Uns 5 minutinhos depois meu sogro trouxe ele e o colocou em meu colo, já embrulhadinho.. e então tivemos nossa primeira troca de olhares, aqueles olhinhos inchadinhos, que piscavam lentamente, com um olhar de paz tão intensa, carequinha, com os dedinhos fininhos.. era a coisa mais linda do mundo, que eu não poderia sequer ter imaginado... que orgulho, que felicidade, agradecia tanto a Deus, escorriam lágrimas, era a verdadeira definição de amor e felicidade plena, momento divino e inesquecível..posso esquecer de tudo em minha vida, mas esse momento estará pra sempre gravado em minha mente e em meu coração! Verdadeira prova de que Deus existe e está conosco a todo tempo, meu filho era perfeito.. deixamos de se um, passamos a ser dois corpos, mas meu coração agora é dele e a ele estarei pra sempre unida! Amor sem fim!
Toda a família já tinha entrado na sala, estávamos todos babando nele, tirando fotos.. E assim nasceu Bernardo Lemos de Paula Santos, às 2:00 da madrugada do dia 29 de Setembro de 2011, pesando 2,870 kg e medindo 48 cm, apgar 7 e 9. Luz da minha vida, felicidade sem fim, o homem que manda e desmanda em mim, pelo qual sou capaz de tudo, meu menino!!!!
Com meia hora de vida, já no quarto, Bernardo já estava mamando. Meu príncipe pegou o mamá dele de primeira! Nem precisou de ajuda! Mamou por 1h30!
Nosso parto foi normal, com o mínimo de intervenções possíveis, mama Leite materno em livre demanda, não chupa chupeta, tem colo, carinho e todo amor a todo momento.
Xodó dos pais, dos avós, dos tios, dos primos, dos amigos...
Por você, meu filho, passaria por tudo um milhão de vezes. Minha meta é sua felicidade, sua saúde, seus sorrisos, seu aprendizado! Você é minha razão de viver!

sábado, 13 de outubro de 2012

Uma coisa a três,

2 comentários
........... Oii buxudiinhas, como anda essas barriguinhas linda ? A minha ta linda, pequena mais linda :)
Eu vim aqui avisar um coisa pra vocês, como vocês sabem eu participo de um grupo chamado Mamães de abril/2013 no facebook, e uma das meninas postou uma coisa linda, é o relato de parto de uma conhecida que ela pediu pra mim não revelar o nome, eu chorei ao ler, é muito emocionante*--* me imaginei no lugar dela. Mais resumindo, vou fazer um post especial para que vocês leiam essa historia linda, Mão quero influenciar ninguem no tipo de parto, mais vou espressar a minha opinião que é que todos devem nascer como DEUS mandou, não sou contra a cesaria, mais acho que só deveria ser feita em caso de risco e não uma opição para a mulher não sentir dor(não sentir dor entre aspas porque depois ela vai ficar andando que nem uma mumia por bastante tempo, sem poder aproveitar direito os momentos com seu bebe) é isso que eu acho. Parto normal, pode ser dolorido o que for, mais depois que teu filho sai, a dor acaba e amor só almenta, intão meninas repensem o tipo de parto que vocês querem...
                             Bom gente é isso, e vou comessar a digitar o Post agora mesmo, mais provavelmente só termine amanhã, ja tah tarde'.




                                                               Bjoo nessas barriguinhas'

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Adeus 10° semana Oláa 11° semana

2 comentários
DESCULPE-ME, gente eu não fiz o video porque emu editor de video não tah funcionando, e até eu conseguir arrumar ele, ou aprender a mexer em outro não vou postar videos.



Oii gente como seis tão ?  Eu e meu bebe estamos muitoo beim, essa semana tive bastatnte novidade, mais quis deixxar tudo pra ultima hora, pra contar a semana de uma vez só...
              Entãoooo, a semana 10 comessou dia 25 e no dia 26 eu iria fazer exames, fui pra escola no dia 25 mais tava chovendo muitoo, na hora da saida, a chuva tinha piorado e eu resolvi ir pra casa do meu namorado pra evitar tomar aquela chuva e não fazer a minha querida mãe se molar tambem. Cheguei lá e fui dormir com meu lindoo, acordamos era 5:30 porque eu ainda tinha que ir em casa buscar os potinhos de xixi e daquela coisa nojenta chamada Fezes. Quando cheguei em casa e fui fazer xixi no potinho percebi que a minha calcinha tava manchada com um negocio meio marron, me desesperei achei que era sangue, chamei minha mae e ela disse que se continua-se agente ia no médico, graças a DEUS não continuou e depois eu vi que aconteceu com uma das mamaes do Grupo que agente tem no face chamado mamaes de Abril/2013, ela disse que era só um corrimento escuro, fiquei super aliviada, dai beleza fui pro posto e fiz meus exames normalmente. Esses dias na escola algum babaca soltou sprey de pimenta no corredor, nossa quase morri asfixiada(exagerada eu ) Brincadeira, mais que me deu uma crise de tose deu. Tambem aconteceu uma coisa bem legal, a Lara uma  mamae que eu acompanho pelo blog, me disse que sentiu a filha dela com 2 meses, era coseguinhas leves, mais ela sentiu, e na sexta -feira eu tambem senti, é tipo alguem passando a mão devagar na sua pele, nossa é muito emocionante, fiquei super feliz. Foi isso que me aconteceu na semana 10, e hoje comessamos a semana 11, Não vejo a hora de chgar a semana 13, que é a semana que eu vou fazer a ultra, to super ansiosa.


                                                                 Bejos e coseguinhas na barriga :))